O Professor, sua formação

Impossível falar em qualidade de ensino, sem falar da formação do professor, questões que estão intimamente ligadas.

         A formação teórica e prática do professor, poderá contribuir para melhorar a qualidade do ensino, visto que, são as transformações sociais é que irão gerar transformações no ensino.

         Sendo assim, este artigo se ocupará de explanar sobre a relação existente entre a formação e a prática do professor.

2. A Formação e a Prática

Há algumas décadas, acreditava-se que, quando terminada a graduação, o profissional estaria apto para atuar na sua área o resto da vida. Hoje a realidade é diferente, principalmente para o profissional docente. Este deve estar consciente de que sua formação é permanente, e é integrada no seu dia-a-dia nas escolas

O professor não deve se abster de estudar, o prazer pelo estudo e a leitura deve ser evidente, senão não irá conseguir passar esse gosto para seus alunos“O professor que não aprende com prazer não ensinará com prazer. “ Snyders. (1990)

São grandes os desafios que o profissional docente enfrenta, mas manter-se atualizado e desenvolver práticas pedagógicas eficientes, são os principais.

Nóvoa (2002, p. 23) diz que: “O aprender contínuo é essencial se concentra em dois pilares: a própria pessoa, como agente, e a escola, como lugar de crescimento profissional permanente.” Para esse estudioso português, a formação continuada se dá de maneira coletiva e depende da experiência e da reflexão como instrumentos contínuos de análise.

3. A relação sócio-interacionista

A teoria do desenvolvimento intelectual de Vygotsky, sustenta que todo conhecimento é construído socialmente, no âmbito das relações humanas. Essa teoria, tem por base o desenvolvimento do indivíduo como resultado de um processo sócio-histórico, enfatizando o papel da linguagem e da aprendizagem nesse desenvolvimento, sendo essa teoria considerada, histórico-social.

         O conhecimento que permite o desenvolvimento mental se dá na relação com os outros. Nessa perspectiva o professor constrói sua formação, fortalece e enriquece seu aprendizado. Por isso é importante ver a pessoa do professor e valorizar o saber de sua experiência.

         Para Nóvoa (1997, p.26): “A troca de experiências e a partilha de saberes consolidam espaços de formação mútua, nos quais cada professor é chamado a desempenhar, simultaneamente, o papel de formador e de formando.”

         O trabalho em equipe e o trabalho interdisciplinar se revelam importantes. Quando as decisões são tomadas em conjunto, desfavorece, de certa forma, a resistência às mudanças e todos passam a ser responsáveis para o sucesso da aprendizagem na escola.

         O trabalho interdisciplinar evita que os professores conduzam seus trabalhos isoladamente, em diferentes direções, pois a produção de práticas educativas eficazes, surge de uma reflexão da experiência pessoal partilhada entre os colegas.

         O sucesso profissional do professor, o espaço ideal para seu crescimento, sua formação continuada, pode ser também seu local de trabalho.

4.  O Professor como Prático-Reflexivo

            Estudos apontam que existe a necessidade de que o professor seja capaz de refletir sobre sua prática e direcioná-la segundo a realidade em que atua, voltada aos interesses e às necessidades dos alunos.

Nesse sentido, Freire, (1996, p.43) afirma que: “É pensando criticamente a prática de hoje ou de ontem é que se pode melhorar a próxima prática.”

         Para entendermos melhor esse aspecto, devemos recorrer a Schön.

         Donald Schön, foi idealizador do conceito de Professor Prático-Reflexivo, percebeu que em várias profissões, não apenas na prática docente, existem situações conflitantes, desafiantes, que a aplicação de técnicas convencionais, simplesmente não resolvem problemas.

         Não se trata aqui de abandonar a utilização da técnica na prática docente, mas haverá momentos em que o professor estará em situações conflitantes e ele não terá como guiar-se somente por critérios técnicos pré-estabelecidos.

         Para Nóvoa (1997, p.27):

“ As situações conflitantes que os professores são obrigados a enfrentar (e resolver) apresentam características únicas, exigindo portanto características únicas: o profissional competente possui capacidades de autodesenvolvimento reflexivo (…) A lógica da racionalidade técnica opõe-se sempre ao desenvolvimento de uma práxis reflexiva.”

            Os bons profissionais lançam mão de uma série de estratégias não planejadas, cheias de criatividade, para resolver problemas no dia-a-dia.

         Schön identifica nos bons profissionais uma combinação de ciência, técnica e arte. É esta dinâmica que possibilita o professor agir em contextos instáveis como o da sala de aula. O processo é essencialmente meta cognitivo, onde o professor dialoga com a realidade que lhe fala, em reflexão permanente.

         Ora, para maior mobilização do conceito de reflexão na formação de professores é necessário criar condições de trabalho em equipe entre os professores. Sendo assim, isso sugere que a escola deve criar espaço para esse crescimento.

         Nesse sentido, Schön (1997, p. 87) nos diz que:

(…) Nessa perspectiva o desenvolvimento de uma prática reflexiva eficaz tem que integrar o contexto institucional. O professor tem de se tornar um navegador atendo à burocracia. E os responsáveis escolares que queiram encorajar os professores a tornarem-se profissionais reflexivos devem criar espaços de liberdade tranqüila onde a reflexão seja possível. Estes são os dois lados da questão – aprender a ouvir os alunos e aprender a fazer da escola um lugar no qual seja possível ouvir os alunos – devem ser olhados como inseparáveis.”

A proposta prático-reflexiva, propõe-se a levar em conta esta série de variáveis do processo didático, seja aproveitando, seja buscando um processo de metacognição, onde o professor perceba os efeitos de sua atuação na aprendizagem de seus alunos.

5.  Formação e Valorização

            A real valorização do magistério precisa ter três alicerces sólidos: boa formação inicial, boa formação continuada e boas condições de trabalho, salário e carreira.

         A Universidade ocupa um papel essencial, mas não o único, para a formação do professor. Ás universidades cabe o papel de oferecer o potencial físico, humano e pedagógico para a formação acontecer no melhor nível de qualidade.

         Não é raro encontrarmos profissionais que responsabilizam a instituição pelo desajuste entre as informações recebidas e sua aplicabilidade. A formação só será completa quando esses profissionais se auto produzirem. Nóvoa (S/D) diz: “Os professores têm de se assumir como produtores da sua profissão.”

         O desenvolvimento profissional corresponde ao curso superior somado ao conhecimento acumulado ao longo da vida. Uma boa graduação é necessária, mas não basta, é essencial atualizar-se sempre, isso remete a necessidade da formação continuada no processo da atuação profissional, ou seja, há a necessidade da construção do saber, no processo de atuação profissional.

         A valorização e melhor remuneração que o profissional docente almeja, depende em boa parte de formação e atuação profissional.

About these ads
Published in: on junho 4, 2007 at 12:14 am  Comments (40)  

The URI to TrackBack this entry is: http://cdr4apgn.wordpress.com/2007/06/04/formacao-plena-para-os-professores/trackback/

Feed RSS para comentários sobre este post.

40 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Meninas,

    Vim visitá-las. O tema é muito bom e já há bastante matéria a ser considerada. Ninguém fica pronto com certificados e diplomas. Todos aprendem continuamente. Por isso, com ou sem planejamento, professores estão sempre na estrada do aprender. Aprendem com os pares. Aprendem com os alunos. Aprendem com os acertos. Aprendem com os erros.Programas de aprendizagem contínua dos mestres devem considerar, a meu ver, as situações não reguladas de aprendizagem, e ver como mudanças ambientais (organização do trabalho, oportunidades de participação em eventos, vida cultural etc.)podem ajudar os profs a mais aprender. Não gosto muito de soluções que enfatizam cursos e treinamentos na educação continuada. Continuem o bom trabalho e vejam como se viram com essa minha provocação…

    Deixem-me falar um pouco de forma. O blog de vocês está muito sério,solene e sisudo. Os textos parecem ter sido escritos para publicação em revista científica (!). Pouco conversam com o leitor. Esse modo de comunicação, como regra geral, não é muito efetivo em blogs. Estes são espaço de ‘conversa’. Por isso, sugiro que vocês tentem mudar o tom. Pensem um pouco em seus leitores e comecem a contar para eles histórias gostosas de se ouvir (ou ler). Sejam ‘naturais’. Seduzam a audiência. Coloquem algumas doses de humor em seu trabalho. Cheguem mais perto dos professores. ETC.

    Por ora é isso. Espero ter ajudado de alguma forma. Abraço carinhoso, Jarbas

  2. gostaria de saber a bibliografia de seu artigo que é muito bom. parabens

    • Bom dia, gostei do artigo e gostaria de obter a bibliofrafia . Seria possível? Agradeço antecipadamente.

  3. Olá..gostei muito do seu artigo e utilizei uma citação dele em meu artigo final de conclusão do curso e preciso urgentemente saber a bibliografia de seu artigo e a do Synders 1990?
    Muito Obrigada pela ajuda.

  4. gostei muito desse artigo. pois vou estudar docencia do ensino superior no próximo semestre e me motivou há nao desistir. obrigada!

  5. Olá, acho esse artigo muito interessante, já usei as citações em minha dissertação de mestrado, tem tudo a ver com meutrabalho, e, também gostaria de saber da bibliografian ok?

  6. olá
    adorei o seu artigo, utilizei para a minha monografia também, mas agora precisava saber a bibliografia, pois usei uma citação e preciso urgente , principalmente a do autor NOVOA(2002) e do SNYDERS(1990) você poderia me informar. Desde já sou muito grata.
    obrigada eliane

  7. adorei os comentários

  8. Eu e meus colegas ficamos 5 dias tentando fazer inscrição pra o curso de formação continuada e não conseguimos.As escrições deveriam ser prorrogadas, pois muitos profissionais da educação serão prejudicados;principalmente a educação brasileira.

  9. oie, nossa adorei tudo haver com o que eu estava procurando. me manda as referencias por favor, obrigada. bjos

  10. Adorei este comentario vai me ajundar na minha formação, já que estou a seguir a ciência da educação na univercidade Jose Eduardo Dos Santo no Moxico.

  11. Muito boa a pesquisa. Posso usar essa pagina do blog na minha escola? Estamos discutindo sobre a formação do professor e a forma como esse assunto foi apresentado aqui vem ao encontro dos tópicos que levantamos.

    Grata

  12. Olá, acho esse artigo muito interessante, gostaria de saber as bibliografias. Você poderia me informar?
    Desde já sou muito grata.

  13. Muito bom o textos , rico em detalhes e sabedorias,
    acho tb que o professor tem que buscar o conhecimento e tb tem que querer repassar de forma satisfatoria, faz parte da sua formação.

    Deborah
    Educadora

  14. gostaria de saber a bibliografia

  15. Gostei muito do texto espero que ele contribua com minha qualificação estou estudando para ingresso no mestrado. Quero citá-lo na prova escrita.

  16. adorei os comentarios

  17. olá
    esse artigo vai mim ajudar muito pois o meu tema do tcc,é sobre a formação continuada dos professores.Gostaria que mim ajudasse enviado mais sobre esse tema.

  18. Muito interessante vosso blog… como professor universitario acho interessante este dialogo com diferentes correntes de pensamento e pratica pedagocias a respeito da educação… parabens

  19. Ola, gostei muito do teu blog e estarei te seguindo e aprendendo com teus post.
    Sou estudante de Letras da UFPB e acredito que seu blog vai agregar muito a meus conhecimentos.
    Abraços.

  20. olá,
    adorei os cometários. As observações são muito pertinentes e me ajudaram bastante. Por favor, me enviem a bibliografia.

  21. Meu amor, adorei o texto mas cadê a bibliografia já que você fez citações?

  22. Mateus Chiveve 2012
    Olá,
    Este artigo foi muito valioso para o meu trabalho científico, que tange sobre a formação de professores, onde eu defendo que o bom e o melhor professor é aquele que está em constante investigação em busca de inovações no processo docente educativo. e que depois da sua formação o professor deve trabalhar com os outros professores já experientes para aprender com eles e não trabalhar isoladamente.

  23. Adorei o texto e concordo com o autor quando diz que quem não aprende com prazer não ensina com przer.

  24. Gostei muito das informações aqui colocadas vejo que é um trabalho sério de pessoas interessadas em passar informações coerentes. Parabéns

  25. parabéns!!!
    mande as referncias bibliográficas para mim !

  26. Gostei do seu artigo, pois esse tema faz parte de uma pesquisa que estou fazendo para um projeto. Porfavor envie a bibliografia do seu artigo e dos autores: Snyders (1990), Novoa (1997 e 2002) e Freire (1996), pois gostaria de citá-los na pesquisa. Ficaria muita grata.

  27. Gostei muito do artigo, deu-me um norteamento para minha prova escrita de mestrado

  28. Mto bom eu gostaria saber a bibliografia?

    Ótimo Tema!

    Parabêns!!!

  29. esse artigo ajudo-me muito para realizar um trabalho sobre formação de professores

  30. este arquivo me ajudou muito

  31. gostei muito, estou pesquisando para um trabalho da faculdade.

  32. Gostei muito do artigo e utilzei uma citação de SNYDERS(1990) , vc tem a pagina por favor, para que eu possa colocar no tcc
    Célia

  33. Nossa adorei o seu artigo e muito contribuiu em minhas pesquisas para trabalho de conclusão de curso. Só preciso da bibliografia se puder me ajudar.
    Patricia.
    Educadora

  34. muito bem, a colocação do assunto foi muito boa, clara e objetiva é isso mesmo quem não comentou adequadamente é porque não entende do assunto.

  35. Parabéns pelo texto, gostaria de conhecer a bibliografia

  36. Esse trabalho é demais! me envie as referências por favor

  37. gostei do seu texto gostaria da bibliografia destes caras para um trabalho de faculdade desde ja agradeco

    • Não vou me lembrar agora, pois faz mto tempo que eu tirei esse artigo de uma pagina na internet.

  38. gostei muito do artigo abç

    Gleiseane bispo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: